""
 
Logo da marca Xelphius  

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

     
 

AQUECIMENTO DE PISCINAS
COBERTURAS PARA PISCINAS
FUNCIONAMENTO
GALERIA DE FOTOS
FILTRAÇÃO SOLAR
VANTAGENS ROOS
VÍDEO DE MONTAGEM

 
     
     
 
Estética
Piscina particular aquecida com sistema solar Rapid através de coletor executado à medida e colocado no jardim.

 
     

SITE ANTERIOR

Orçamento

 

 

Menu - Aquecimento de piscinas com o sistema solar Roos
     
  HOME | RECRUTAMENTO | CONTACTOS | DOCUMENTAÇÃO | FAQ | ORÇAMENTO  
   
  Main - Aquecimento solar de piscinas

Algas. Há desenvolvimento de algas?
Aplicação. Aplicação dos coletores ROOS ?
Calcário. Há formação de calcário ?
Chuva. Como se comportam com a chuva?
Consumo. Qual é o consumo do coletor solar ?
Dimensionamento do coletor solar Roos?
Fixação. Como é fixado o coletor Solar?
Folhas. E as folhas das árvores?

 

  Fugas. Há risco de fugas no coletor?
Pássaros. E os pássaros e os roedores?
Perda de carga. É grande a perda de carga?
Produtos de tratamento. E os produtos de tratamento?
Sol. E se não houver Sol?
Tubos. Os tubos são de borracha?
Vento. Como se comportam com o vento?


Aplicação dos coletores ROOS?
Os coletores solares ROOS são fabricados na Alemanha, estão patenteados e foram especialmente concebidos para o aquecimento Solar das piscinas. Os tubos não são soldados, mas sim fixados por encaixe rápido. Têm um custo competitivo, uma longa duração e uma manutenção quase nula.



Dimensionamento dos coletores ROOS?
O sistema solar ROOS é dimensionado em função da orientação do coletor e do volume da piscina. Em geral, seis horas de exposição solar é suficiente.
Não havendo Sol, estando o dia nublado ou chuvoso, os coletores não aquecem a água, mas esta quase mantém a temperatura. Tanbém nesses dias, de uma maneira gera,l o ambiente não é convidativo para nadar. Veja mais...



Fixação. Como é fixado o coletor solar Roos?
É muito simples! No chão ou no terraço basta pousá-lo. Num telhado inclinado ou num muro vertical, é fixado pela parte superior ficando facilmente desmontável.
É um trabalho muito rápido e seguro. Não é fixado ao teto. Não se furam as telhas. Se for necessário, pode-se retirar o coletor rapidamente.



Chuva. Como se comportam os coletores Roos com a
chuva?
Ao contrário dos painéis solares planos, a água da chuva passa pelos espaços do coletor Solar ROOS, e não fica retida. A sua concepção permite a secagem rápida da rampa, do telhado ou da placa onde está assente evitando, consequentemente, o desenvolvimento de fungos ou musgos. Como não há acumulação de humidade, não há congelação no Inverno.


Vento. Como se comportam os coletores Roos com o vento?
Devido à maneira como o coletor é constituido, em que os tubos são separados uns dos outros, tem o mesmo comportamento que uma grelha, ou seja, o vento passa livremente pelos espaços entre tubos. Sendo assim, os coletores não são levantados nem sofrem danos. Tem resistido a tempestades. Resistiu, sem estragos, ao furacão "George". (setembro de 1998).


Sol. E se não houver Sol?
Enquanto não houver Sol a água da  piscina não aquecerá! Mas da mesma maneira que a água da piscina demora a aquecer, também demorará a arrefecer.
E o arrefecimento  será ainda menor se for utilizada um cobertura isotérmica. Por outro lado, como a piscina tem muito calor acumulado e sendo elevada a inércia térmica da massa de água existente, a temperatura não baixará para além de 1 a 2 º C. Sendo assim, ainda continuará a dispor de uma temperatura agradável para tomar banho, até o Sol voltar.



Tubo. Os tubos do coletor são de borracha?
Não. Os tubos utilizados nos coletores Solares ROOS são de polipropileno resistente aos raios ultravioletas e  têm 25 mm diâmetro. São tubos corrugados para captar  melhor o calor do Sol porque a forma ondulada torna a sua superfície lateral cerca de 3 vezes maior do que a de um tubo liso. São de cor preta, o que absorve 99% da radiação Solar. A sua pequena espessura tornam quase nulas as perdas térmicas, o que significa que todo o calor do Sol  passa para a água da piscina que circula no interior dos tubos do coletor. De este modo o calor do Sol é melhor absorvidor. A estrutura alhetada dos tubos Roos aumenta ainda a estabilidade. Desta maneira é apenas necessária ¼ da espessura da parede do tubo liso.
Vantagem: O calor solar aquece mais rapidamente a água da piscina que circula nos tubos.


E os produtos químicos de tratamento?

Os materiais de polipropileno e ABS especial que compõem os coletores Solares ROOS são inteiramente compatíveis com todos os tipos de produtos utilizados nas piscinas, contrariamente a outros sistemas em borracha que não resistem às concentrações de cloro ou ácido, o que danifica e reduz o tempo de vida.


Algas. Há desenvolvimento de algas?
O desenvolvimento de algas deve-se ao efeito de luz (efeito fotossintético).
Como o coletor Solar ROOS é composto por tubos negros de polipropileno, a luz não penetra através deles. Vantagens: O telhado ou outra qualquer superfície onde o coletor esteja colocado seca rápidamente. Desta forma, evita-se o crescimento de ervas e musgos, assim como a congelação da água no inverno.


Calcário. Há formação de calcário?
Não. O tubo ondulado ROOS tem 25 mm de diâmetro  e é fabricado com  'qualidade alimentar'.
Sendo a água da piscina tratada, não pode existir calcário que provoque a sua obstrução. Por outro lado, devido ao diâmetro dos tubos solar-rapid 25, acrescentado das dilatações e contrações do material devidas às diferenças de temperaturas, eventuais pequenos depósitos são desfeitos e secos. Vantagens: Por estes motivos não é possivel a formação de incrustações no coletor debidas a depósitos calcáreos.


Fugas. Há risco de fugas no coletor?
O coletor Solar ROOS resiste a uma pressão de 3 bar e qualquer bomba de piscina não funciona a mais de 1,5 bar. Sendo assim os riscos de fugas estão excluidos.
Mas mesmo que surgisse uma fuga, a sua reparação seria muito fácil e sem recurso a qualquer ferramenta especial.
Com efeito, não sendo vulcanizados os tubos do coletor ROOS, mas sim vedados com aperto rápido a substituição de um tubo corrugado por outro novo, é tarefa que não oferece dificuldades.


Folhas. E as folhas das árvores ?
Como o vento passa através do coletor arrasta todas as folhas que caem em cima do mesmo.


Pássaros. E os pássaros e os roedores?
O polipropileno e o PVC especiais que compõem o coletor Solar ROOS não são atacados por estes animais, ao contrário do que acontece com os coletores de borracha. 
Desde 1979, que é o ano da primeira instalação, não se tem conhecimento de qualquer situação deste tipo, que tenha ocorrido em qualquer parte do mundo.


Perda de Carga. É grande a perda de carga?
A perda de carga é quase inexistente pelo nível médio das águas estacionadas nas reentrâncias dos tubos corrugados. A água circula livremente quase sem atrito. Se o coletor Solar estiver situado a mais de 20 metros da piscina é utilizado um tubo de di âmetro maior para transporte da água.